Brasília, 12 de agosto de 2022 às 01:38
Selecione o Idioma:

Turismo

Postado em 04/02/2022 5:46

Chapada dos Veadeiros: Destino internacional no cerrado goiano

.

Cerrado goiano oferece belas trilhas na região da Chapada (Foto: Fernanda Carasilo)

Travellers Choice 2022 elege Parque Nacional como um dos melhores do mundo.

Por Seleucia Fontes

Não se pode ignorar um resultado destes. O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, situado na região Nordeste de Goiás, está entre os melhores destinos turísticos para “quem ama o ar livre”, segundo o Travellers Choice 2022, prêmio da plataforma TripAdvisor. O resultado coloca o destino como o 23º melhor do mundo para quem está “em busca de novas aventuras e diversão”.

O Travellers Choice 2022 aponta que, no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros é possível encontrar cachoeiras de tirar o fôlego, bem como piscinas naturais “cintilantes” e trilhas desafiadoras, porém incríveis, como a Sete Quedas, dos Saltos e dos Cânions. O resultado também destaca as cachoeiras do Prata e de Santa Bárbara.

Em 2021, a Chapada dos Veadeiros já havia sido escolhida como o melhor parque nacional do Brasil, e listado como o 259º melhor destino do mundo para visitar. Os melhores dos melhores são decididos pelos internautas. Dessa forma, são baseados em dados de viajantes de verdade que vão, experimentam e compartilham experiências.

Na mesma categoria, o Parque brasileiro competiu com destinos incríveis, como a Arenal Volcano National Park, na Costa Rica, onde há um dos vulcões mais ativos do mundo. Além disso, há destinos na Índia, na Tanzânia, no Quênia, no Alaska e na Nova Zelândia.

Paraíso das águas conquista reconhecimento internaciona (Foto) Ion David)

Um paraíso

Além da conservação da biodiversidade e geodiversidade, o Parque Nacional tem como objetivos a pesquisa científica, a educação ambiental e a visitação pública. As caminhadas e banhos de cachoeira são as principais atividades, em meio a uma paisagem incrível, cortada por serras, trilhas e cachoeiras.

O Parque Nacional está inserido na bacia hidrográfica do rio Tocantins e possui área de 236.570 ha. Integra polígono de extrema importância biológica do bioma Cerrado e o corredor ecológico Paranã-Pirineus, sendo considerado como área núcleo da Reserva da Biosfera do Cerrado. Foi criado em 1961 e, em 2001, se tornou Patrimônio Mundial pela Unesco.

São quatro trilhas para chegar aos atrativos do Parque: Travessia das Sete Quedas, Trilha dos Saltos, Carrossel e Corredeiras, Trilha dos Cânions e Cariocas e Trilha da Seriema. A maior delas, com 23 km de extensão, Sete Quedas permanece fechada.

A região da Chapada possui dezenas de outros atrativos fora do Parque, sendo um dos mais famosos o Vale da Lua. Mas vale ressaltar que eles continuam sem receber visitantes, incluindo os localizados em domínio Kalunga, como a belíssima Cachoeira de Santa Bárbara, no município de Cavalcante, que permanece fechada por tempo indeterminado.

Promoção reduziu tarifas de hospedagens, restaurantes e atrativos ate 14 de fevereiro (Foto: Rodrigo Valle)

Campanha

Apesar do reconhecimento internacional, a região da Chapada dos Veadeiros está em baixa temporada, motivada principalmente pelo período chuvoso. Mesmo assim, é uma boa oportunidade para conhecer a região de uma forma totalmente diferente, já que as cachoeiras cheias são um espetáculo à parte.

Para atrair visitantes, os empresários do trade turístico se uniram para promover a Chapada Week, com descontos em pousadas, restaurantes, bares, atrativos, guiagens e até atendimentos holísticos. A campanha segue até 14 de fevereiro. São cerca de 45 estabelecimentos envolvidos, e os descontos variam de 10% até 50%. Vale lembrar que a Chapada está atenta a todos os protocolos de saúde.

Trilhas do Parque

As trilhas são bem sinalizadas e não exigem presença de guias, apesar de ser sempre bom contar com um, para fornecer assistência e informações.

Seriema – São apenas 850 metros de percurso (ida e volta), em terreno plano e bem marcado que dá acesso ao Córrego Preguiça, rio intermitente onde é possível tomar banho em pequenos poços e cachoeiras na época das chuvas. É uma trilha recomendada para pessoas com dificuldade de locomoção, como idosos, crianças, mulheres grávidas e para os visitantes que retornam das trilhas principais.

Carrossel – Durante a caminhada de 4,5 km que leva à Cachoeira Carrossel o turista aprecia belas paisagens a partir de mirantes e cânion com pontos de banho. Há ainda de vias de escalada esportiva.

Saltos do Rio Preto, cartão postal do Parque Nacional (Foto: Rodrigo Valle)

Salto – São 11 km de percurso, ida e volta, mas a recompensa é vislumbrar / fotografar / admirar o cartão-postal da Chapada, o Salto do Rio Preto, com 120 metros de altura, a partir de um mirante. Seguindo caminho, é possível tomar banho na Cachoeira do Garimpão, com 80 metros de altura e um grande poço para banho. A trilha termina em um rio com piscinas naturais das corredeiras do Rio Preto.

Cânions e Cariocas – Com trajeto de 12 km (ida e volta), a primeira parada da trilha é o Cânion II, localizado a 6 km da entrada do parque. O lugar é espetacular e conta com diversos pontos para fotos e banho. É possível ver o cânion do alto, de baixo e até nadar dentro dele. O próximo acesso, a 1800m, leva à Cachoeira das Cariocas, com duas quedas d’água principais que se transformam em várias e um grande poço para banho.

Comentários: