14.5 C
Brasília
quinta-feira, 18 julho, 2024

Ferroviários chilenos fazem greve por melhores condições de trabalho

Santiago do Chile, 24 de junho (Prensa Latina) Trabalhadores da Empresa Ferroviária Estatal (EFE), que cobre as rotas de Santiago do Chile a Valparaíso e Concepción, aderirão hoje a uma greve para exigir melhores condições de trabalho.

Anteriormente, os operadores do serviço entre a Alameda e a estação de Nos, no concelho de San Bernardo, suspenderam as suas funções.

A medida foi adotada após a colisão frontal entre um trem de carga da Fepasa e outro trem de teste da EFE, na última quinta-feira, naquele município da Região Metropolitana, que causou a morte de dois maquinistas do primeiro comboio e ferimentos em nove funcionários do segundo.

Um comunicado da Federação dos Transportes Ferroviários de Mercadorias e Passageiros indica que há vários dias mantêm conversações com responsáveis ​​da EFE e não foram feitas melhorias nos sistemas de mobilização em que operam.

“Como trabalhadores não colocaremos em risco a vida dos nossos associados e muito menos dos nossos passageiros, razão pela qual decidimos não operar os comboios nos serviços geridos pela EFE”, alerta o texto.

Acrescenta que a paralisação continuará até que a empresa consiga garantir a circulação segura nas estradas do país.

O Ministério dos Transportes anunciou que face à greve ferroviária vão reforçar o serviço com 55 autocarros.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS