Brasília, 8 de junho de 2021 às 17:19
Selecione o Idioma:

Papo do Dia:

Cuba

Postado em 01/01/2021 8:23

EUA inauguram 2021 com a continuação da arbitrariedade e do genocídio económico contra o povo cubano

.

– Documentos como este não aparecem na mídia que se proclamam como “referência”

por Departamento de Estado dos EUA

Transcreve-se na íntegra, sem comentários, o comunicado hoje emitido pelo Departamento de Estado dos EUA:

Para divulgação imediata

Eliminação do controle dos militares cubanos do sector bancário de Cuba

Departamento de Estado dos Estados Unidos
Gabinete da Porta-voz
Para Publicação Imediata
Comunicado do Secretário de Estado, Michael R. Pompeo
1 de Janeiro de 2021

Hoje, o Departamento de Estado anuncia a incorporação do Banco Financiero Internacional SA (BFI) à Lista restringida de Cuba, com entrada em vigor no momento da sua publicação em princípios de Janeiro. O BFI é um banco comercial cubano controlado por militares que se beneficiam directamente das transações financeiras a expensas do povo cubano. Os militares cubanos utilizam o papel chave do BFI no câmbio de divisas para dar acesso preferencial a militares e empresas estatais, obter taxas de câmbio vantajosas e financiar projectos controlados pelo governo que enriquecem o regime. Os lucros obtidos nestas operações beneficiam de maneira desproporcionada os militares cubanos ao invés dos empresários cubanos independentes, fomentando a repressão do povo cubano e financiando a interferência de Cuba na Venezuela.

O Presidente Trump deixou claro que apoia o povo cubano na sua longa luta pela liberdade e contra o regime comunista de Havana. Acrescentar o BFI à Lista restringida de Cuba promove o objectivo do governo de evitar que los militares cubanos controlem e se beneficiem de transações financeiras que deveriam beneficiar o povo cubano.

 

O original encontra-se em

cubayeconomia.blogspot.com/2021/01/sigue-la-arbitrariedad-y-el-genocidio.html

Este documento encontra-se em https://resistir.info


Comentários: