24.5 C
Brasília
sábado, 22 junho, 2024

Violência no Haiti com impacto devastador na educação

Nações Unidas, 22 de maio (Prensa Latina) A violência no Haiti tem hoje um impacto devastador na educação depois que a insegurança causou o fechamento de cerca de 900 escolas desde meados de 2023 nas províncias de Artibonite e Porto Príncipe.

As agências da ONU registaram mais de 30 ataques apenas a centros educativos até agora este ano, enquanto grupos armados expandem o seu controlo em bairros da capital.

Como consequência, quase 200 mil jovens não têm acesso à educação e quatro mil professores permanecem desempregados.

A expansão da insegurança também atinge outras províncias onde a agência ainda não deu conta do impacto.

No entanto, as organizações humanitárias apoiam com a entrega de merenda escolar que beneficiou quase 400 mil menores desde o início do ano.

Gangues armadas causaram o deslocamento interno de 362 mil haitianos, metade deles crianças, segundo dados da ONU.

Segundo a Organização Internacional para as Migrações, entre 8 de Março e 9 de Abril, cerca de 95 mil pessoas fugiram da capital, 60 por cento delas para os departamentos do sul.

A ONU estima que pelo menos 5,5 milhões de haitianos necessitarão de assistência humanitária em 2024, um aumento em relação aos 5,2 milhões estimados antes da escalada dos últimos meses.

A organização também alerta para o peso desproporcional do contexto actual sobre as mulheres, depois de as taxas de violação terem disparado devido às condições inseguras em muitos locais de deslocamento.

Em resposta, as organizações humanitárias organizam actividades de prevenção e sensibilização; ao mesmo tempo que identifica os sobreviventes e garante que recebem cuidados adequados.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS