30.5 C
Brasília
quinta-feira, 29 fevereiro, 2024

Vice-Presidência da Colômbia especifica ações com foco social

Bogotá (Prensa Latina) O trabalho da Vice-Presidência da Colômbia, com um novo enfoque baseado na busca da igualdade social, apresenta hoje resultados tangíveis
Como hoje marcam os primeiros 100 dias do governo de Gustavo Petro e Francia Márquez, a vice-presidência destacará o desenvolvimento e implementação de políticas públicas que garantam o direito à igualdade.
De acordo com o resumo do trabalho para este período, acrescenta o cumprimento dos princípios da não discriminação e da não regressividade.
Da mesma forma, a defesa dos sujeitos de proteção constitucional especial e dos grupos discriminados ou marginalizados, bem como o cumprimento dos compromissos do capítulo étnico do Acordo de Paz.
Também mostra como uma das conquistas as tarefas do Governo nas relações com o movimento afrodescendente e indígena no âmbito internacional, bem como planos e programas específicos para regiões e populações tradicionalmente discriminadas.
Destaca-se a apresentação do projeto de lei para a criação do Ministério da Igualdade e Equidade, protocolado no Congresso pelo Chefe de Estado Petro.
A referida radiação e a própria proposta é considerada um fato histórico.
Segundo a vice-presidente Francia Márquez “abre as portas do Estado para fazer parte dele aqueles que historicamente foram excluídos e marginalizados”.
A França considera que a igualdade, como valor essencial, é o que permitirá à Colômbia avançar nesse caminho rumo à Paz Total.
Outra das missões destes 100 dias, considerada uma conquista, é a promoção do cumprimento do Capítulo Étnico do Acordo de Paz.
Esses avanços geralmente beneficiarão os mais de cinco milhões de colombianos com identidade étnica no país.
Também em conjunto com o chanceler, foi alcançado um aumento de 34 milhões de euros na cooperação da União Europeia para a Colômbia, que será destinada à assistência às vítimas do conflito, migrantes e comunidades que os acolhem.
A aplicação de ações de promoção dos direitos das mulheres, pessoas com deficiência e populações LGBTIQ+, destacam-se nesta fase de mudança.
A presença efetiva das autoridades nacionais e locais nas regiões e a escuta das comunidades constitui outro resultado do governo.
O vice-presidente tem liderado os Diálogos Regionais Vinculativos em vários territórios do país, espaços de recolha de propostas para a construção do Plano Nacional de Desenvolvimento 2022-2026.
A França patrocinou a instalação da mesa de diálogo social em Cauca para encontrar soluções pacíficas, justas e democráticas para os conflitos territoriais e interétnicos na região.
No âmbito internacional e em coordenação com o Ministério das Relações Exteriores, promoveu ações para gerar vínculos vinculantes e estreitas conexões com a África e o Caribe em termos políticos, comerciais, culturais e sociais em nível bilateral e multilateral.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS