Brasília, 12 de janeiro de 2022 às 00:38
Selecione o Idioma:

Brasil

Postado em 13/10/2016 4:50

Verissimo: Brasil testa agora a austeridade que fracassou na Europa

.

Foto: Eduardo Nicolau/Estadão
Com o título “Niguém ganhou”, Verissimo inicia seu artigo avaliando o resultado das eleições municipais no Brasil e comenta sobre o pleito norte-americano. “Trump pode vencer as eleições americanas, partidos de direita podem tomar o poder em muitos países da Europa e no Brasil não se sabe o que fará o ninguém quando vencer o seu silêncio ominoso”, alertou.
Para o escritor, o grande número de votos nulos, brancos e abstenções nas últimas eleições revela a desesperança da população com a política e a supressão da democracia. “Nada significou tanto quanto a votação do ninguém. Que não deve ser festejada: o que há no ar é mais do que uma revolta, é uma clara desesperança com o processo eleitoral e fastio com a democracia. Desmoralizada a política, nos sobra o quê? O silêncio das urnas foi um grito de alerta.”
Austeridade
Na Europa, fala-se no fim da austeridade, que sacrificou muita gente em nome da responsabilidade fiscal, um outro nome para irresponsabilidade social, durante anos”, escreveu citando reportagem do New York Times e comparando tais medidas “econômicas” da Europa e do governo ilegítimo de Michel Temer no Brasil.
Verissimo ironizou: “tem gente achando que chegou a hora de relaxar e investir em remédios para o desemprego e a pobreza, em vez de seguir a receita do capital financeiro, que não funcionou. Quer dizer, na Europa está acabando o que no Brasil de Temer está começando.”
Do Portal Vermelho

Comentários: