22.5 C
Brasília
terça-feira, 18 junho, 2024

Venezuela: os impérios têm uma dívida moral e econômica com a América Latina

A vice-presidente da Venezuela, Delcy Rodríguez, na cúpula UE-Celac em Bruxelas, Bélgica, 17 de julho de 2023.

A Venezuela critica os arrogantes impérios pela dívida “moral, ética e econômica” que têm com a América Latina e os responsabiliza por compensá-la.

HispanTV – A Vice-Presidente Executiva da Venezuela, Delcy Rodríguez, no âmbito da sua participação na terceira cimeira entre a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caraíbas (Celac) e a União Europeia (UE) em Bruxelas (Bélgica), onde representa do presidente do país bolivariano Nicolás Maduro, referiu-se à longa história de pilhagem dos recursos dos povos latino-americanos pela “arrogância imperial”, e indicou que esta claramente “nos deve reparação moral, ética e econômica “. .

Nesse sentido, destacou o plano dos Estados Unidos, sob a presidência de Donald Trump (2017-2021), de se apropriar do petróleo venezuelano, impondo sanções contra Caracas, e apoiou o opositor venezuelano Juan Guaidó contra o governo legítimo de Maduro.

Ao chegar ao país europeu no domingo, a vice-presidente venezuelana garantiu que será a voz de seu país, conforme solicitado por Maduro para levar “a verdade da Venezuela à cúpula UE-CELAC”.

“Haverá a voz da Venezuela sendo ouvida, a verdade da Venezuela, para exigir que cessem as sanções, que cessem as agressões contra a Venezuela; exigir respeito pela Venezuela. E que possamos avançar, esperançosamente, para novas relações com toda a Europa: relações de cooperação, trabalho compartilhado”, disse ele durante seu programa de televisão ‘Con Maduro +’.

A terceira cimeira entre a UE e a Celac teve início esta segunda-feira em Bruxelas, após oito anos de relações congeladas entre os dois blocos.

A cúpula UE-Celac está focada na criação de alianças para responder às mudanças climáticas, aos desafios econômicos e de segurança e à transição energética, entre outros temas do encontro.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS