23.5 C
Brasília
domingo, 14 julho, 2024

Venezuela e EUA retomarão diálogo na próxima semana, afirma Maduro

© Reprodução / Redes sociais / Nicolás Maduro

Sputnik – O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou nesta segunda-feira (1º) que no dia 10 de julho as delegações do seu governo e dos Estados Unidos retomarão as conversações com o objetivo de cumprir os acordos assinados no Catar entre as partes.

“Aceitei a proposta do governo dos Estados Unidos de retomar o diálogo, ele será retomado na quarta-feira (10). Lá estarão Jorge Rodríguez Gómez, chefe da comissão de diálogo nacional, e Héctor Rodríguez Castro, que representarão a Venezuela nesse diálogo”, disse o presidente venezuelano em seu programa de televisão Com Maduro +, transmitido pela TV estatal venezuelana.
Maduro acrescentou que recebeu “durante dois meses” a proposta do governo dos EUA para restabelecer as conversações.
Presidente venezuelano, Nicolás Maduro - Sputnik Brasil, 1920, 01.05.2024

Panorama internacional

Chantagem permanente: Maduro afirma que sanções dos EUA geraram perdas de US$ 2 milhões à Venezuela

A este respeito, o presidente destacou que após avaliar o referido pedido, aceitou, com o objetivo de fazer cumprir o que foi acordado no Catar com o governo de Joe Biden.
“Vamos debater e procurar novos acordos para que se cumpra o que foi assinado no Catar, quero diálogo, quero entendimento, quero um futuro para as nossas relações, quero mudanças, claro, sob a soberania e independência absoluta da Venezuela. A Venezuela deve ser respeitada”, disse.

Em meados de abril, o governo denunciou em comunicado oficial o não cumprimento dos acordos de Doha, assinados entre a Venezuela e os Estados Unidos em 2023, que estabeleceram o cancelamento das sanções impostas pelo governo Biden ao país sul-americano.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS