30.5 C
Brasília
quinta-feira, 29 fevereiro, 2024

Uruguai busca recuperar a conectividade aérea

Montevidéu, (Prensa Latina) Uruguai está trabalhando para recuperar a conectividade aérea, que hoje está em 75% das frequências que tinha em 2019, antes da pandemia de Covid-19.
O Ministro do Turismo Tabaré Viera disse que está sendo trabalhado um plano de incentivo com o objetivo de atrair as companhias aéreas.
Durante uma entrevista de rádio, Viera explicou que eles pretendem implementar um incentivo para “passageiros extraordinários ou incrementais”.
Por cada passageiro a mais “pagaríamos um prêmio” à companhia aérea, disse ele.
O plano envolve os Ministérios dos Transportes, Turismo e Uruguai XXI, a agência que promove as exportações, os investimentos e a imagem do país.
O ministro do turismo explicou que a indústria da aviação mundial só agora está recuperando equipamentos e tripulações. “É por isso que os voos ao redor do mundo começaram a crescer lentamente. Levou mais tempo que outros destinos porque havia escassez de aeronaves e tripulações, por isso os mercados maiores foram priorizados”, acrescentou ele.
Ele reconheceu que as companhias aéreas reclamam do preço do combustível no Uruguai, embora ele tenha notado que hoje elas podem importá-lo.
Viera disse que um porta-bandeira “faria muito bem ao Uruguai”.
Por outro lado, ele disse que um porta-bandeira “faria muito bem ao Uruguai”.
Seria através de uma empresa privada que certificaria a aeronave no país e aproveitaria as rotas já aprovadas para, por exemplo, aumentar as frequências da ponte aérea entre Montevidéu e Buenos Aires.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS