22.5 C
Brasília
terça-feira, 18 junho, 2024

Uruguai aplicará inteligência artificial para combater a criminalidade

Montevidéu (Prensa Latina) A criminalidade no Uruguai terá que ter cuidado para não mostrar “atitudes suspeitas” devido aos planos da polícia de usar inteligência artificial em câmeras de vigilância.

O ministro do Interior, Luis Alberto Heber, garantiu que a sua pasta vai passar a utilizar software com inteligência artificial nas suas câmaras de videovigilância para “trabalho preventivo”.

“Significa que pode nos ajudar a identificar pessoas com atitudes suspeitas”, dizia a manchete.

Esta tecnologia vai permitir não ter “tantas pessoas a olhar para tantas câmaras”; será o programa que ficará observando e definirá se considera uma atitude suspeita de gerar crime, destacou.

Heber disse à imprensa que é uma metodologia aplicada em outros países com bons resultados.

O trabalho do ministro e do MI está na mira da oposição política que até o questionou no Parlamento face ao que considera um aumento da insegurança, da criminalidade e em particular do número de homicídios.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS