19.5 C
Brasília
segunda-feira, 26 fevereiro, 2024

Triplo empate técnico para a presidência da Costa Rica

San José (Prensa Latina) Os candidatos à presidência da Costa Rica José María Figueres, Lineth Saborío e Fabricio Alvarado aparecem  em triplo empate técnico na intenção de votos nas eleições gerais de fev  nnesta quarta  (26)ereiro.

O ex-presidente Figueres (1994-1998), do Partido da Libertação Nacional, com 15%, lidera a intenção de voto dos eleitores costarriquenhos, segundo a pesquisa do Centro de Pesquisa e Estudos Políticos da Universidade da Costa Rica (CIEP-UCR), publicado nesta quarta-feira pelo semanário Universidad.

De 19 a 21 deste mês, o CIEP-UCR entrevistou por celular 1.200 costarriquenhos com direito a voto de uma amostra representativa da população total, 15 dias antes da data eleitoral de 6 de fevereiro, com margem de erro de +/- 2,8 pontos percentuais.

De acordo com os resultados dessa consulta, em segundo lugar está Saborío, do Partido da Unidade Social Cristã, com 14%, e atrás o pastor evangélico Fabricio Alvarado, do Partido Nova República, com 11% e, portanto, os três tecnicamente empatados.

Mas o mais significativo desta pesquisa é que nem mesmo somando as porcentagens (40) dos três primeiros candidatos a vencer as eleições gerais superam os 41% de indecisos que responderam que vão às urnas, mas ainda não sabem quem eles vão marcar na sua cédula.

Atrás desses três candidatos estão outros três: José María Villalta, da Frente Ampla, com 8% das intenções de voto; Rodrigo Chaves, do Partido Social Democrata do Progresso, com 6%; e Eliécer Feinzaig, do Partido Liberal Progressista, com 3%.

Esses são os únicos seis dos 25 candidatos presidenciais cujos percentuais de apoio ultrapassam a margem de erro da pesquisa, mas nenhum, nem mesmo os seis primeiros, atinge os 40% necessários para vencer no primeiro turno.

Para os investigadores do CIEP-UCR , o fluxo de apoio às candidaturas presidenciais, mesmo as com maior vantagem, está longe dos 40% necessários para vencer no primeiro turno, para o qual consideram inevitável o processo de 3 de abril entre os dois candidatos que obtiverem o maior número de votos válidos no prazo de 11 dias.

Cerca de 3,5 milhões de costarriquenhos são convocados em 6 de fevereiro para escolher o presidente, dois vice-presidentes e os 57 deputados da Assembleia Legislativa, que ocuparão o cargo no período 2022-2026. msm/ale/cm

ÚLTIMAS NOTÍCIAS