26.5 C
Brasília
segunda-feira, 27 maio, 2024

SOS Amazônia: Um pedido de socorro ao meio ambiente

Cristina Saraiva, autora de SOS Amazônia, single gravado por Alexandre Saraiva (ex superintendente da PF no Amazonas), apresenta disco autoral que é um pedido de socorro ao meio ambiente, e reúne artistas como Claudio Lins, Alexandre Saraiva, Patrícia Bastos e Renato Braz

“Arde o fogo tinge o ar, voa e mata sem parar, por florestas e veredas, chão em brasa, labaredas, queima a vida do lugar”. Assim inicia Labaredas, canção que compõe o disco SOS que a compositora Cristina Saraiva acaba de lançar nas plataformas digitais. Nesse trabalho, Cristina não canta, mas convida Claudio Lins, Susana Gianini, Tutuca, Alexandre Saraiva, Patrícia Bastos, Renato Braz e Simone Guimarães para que interpretem suas músicas, além de músicos Toninho Ferragutti (Acordeon) e Cassia Maria (percussão). Os arranjos são de Luiz Waack, Breno Ruiz e Dante Ozzetti.

SOS surgiu na esteira do single SOS Amazônia, inspirado na atitude do Delegado Alexandre Saraiva, na época, Superintendente da Polícia Federal no Amazonas, ao fazer a maior apreensão de madeira ilegal da história. A múisca, que repercutiu dentro e fora do Brasil, contou com a participação do próprio delegado Alexandre Saraiva cantando ao lado de Simone Guimarães.

No repertório do disco estão Amazônia (Breno Ruiz, Cristina Saraiva), Laranjeiras (Simone Guimarães, Cristina Saraiva), Passaredo (Francis Hime, Chico Buarque), Cantareira (Simone Guimarães, Cristina Saraiva), Labaredas (Dante Ozzetti, Cristina Saraiva), Geada 1975 (Júlio Santim, Cristina Saraiva), Matança (Jatobá), SOS Amazônia (Simone Guimaraes, Cristina Saraiva), Canto de Guerra (Felipe Radicetti, Cristina Saraiva) e Pra quem virá (Bilora e Cristina Saraiva).

Para conhecer, acesse: https://www.youtube.com/watch?v=Pa5ZhO4VwkI

ÚLTIMAS NOTÍCIAS