24.5 C
Brasília
domingo, 19 maio, 2024

Síria não fará concessões a ataques israelenses, diz al-Assad

 Damasco (Prensa Latina) O presidente sírio, Bashar al-Assad, considerou em entrevista à rede russa RT, que os repetidos ataques israelenses de hoje visam levar o país a oferecer concessões e isso nunca acontecerá.
A escalada da agressão começou quando os grupos terroristas começaram a ser derrotados e sua moral começou a desmoronar diante do avanço do exército sírio, e essa intervenção israelense busca elevar sua moral, disse o presidente.
Ele considerou que o terrorista que comete crimes na Síria representa o exército israelense e é a outra face dele.
Por outro lado, o governante rejeitou a normalização das relações de alguns países árabes com Israel e considerou que isso prejudica a causa da Síria e da Palestina.
Desde o início do processo de paz na década de 1990, rejeitamos o termo normalização e acreditamos que ele busca encorajar os árabes a fazer concessões a Israel por nada, explicou al-Asad.
Ele enfatizou que as relações normais com Tel Aviv devem estar ligadas ao processo de paz e isso está ligado ao retorno dos direitos.
A Síria não mudará de posição enquanto tiver território ocupado e, quando devolverem o Golã, o povo decidirá como deve ser a relação com Israel, concluiu o presidente.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS