13.5 C
Brasília
domingo, 26 maio, 2024

Sigilo de 100 anos das rachadinhas do Flávio

Charge: Nani

Por Altamiro Borges

De fato, como sempre esbraveja o “capetão” Jair Bolsonaro, acabou a corrupção no governo brasileiro! Pelo menos, ninguém mais pode falar da roubalheira no covil. Como na ditadura militar, tudo é segredo, tudo é censurado. Nesta quinta-feira (14), a Folha revelou que a Receita Federal decidiu impor um sigilo de 100 anos sobre as investigações do escândalo das “rachadinhas” do filhote 01 do presidente, o senador Flávio Bolsonaro.

Segundo o jornal, para poupar o investigado – que coordena a campanha do paizão à reeleição –, o órgão teve que mudar sua própria interpretação sobre o caráter dos documentos, antes disponibilizados publicamente. Com o sigilo, a Receita Federal agora defende que os documentos que possuem informações pessoais serão de acesso restrito, reservado aos agentes envolvidos no processo. Ela ainda optou pelo prazo máximo do sigilo, que é de 100 anos.

A operação abafa no caso de Flávio Rachadinha é violenta. A denúncia contra o senador já tinha sido arquivada após as questionáveis decisões no Supremo Tribunal Federal (STF) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de anularem as provas do caso. Os indícios sobre o desvio de R$ 6,1 milhões quando ele era deputado estadual, recolhendo parte dos salários de funcionários do seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), até hoje não deram em nada.

O filhote 01 do presidente segue comprando luxuosas mansões e gozando de muito poder na república miliciana. E o paizão fascista, um conhecido difusor de fake news, segue rosnando que a corrupção acabou no Brasil! E ainda tem bolsominions que acredita! Ou é muito otário ou muito cínico!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS