14.5 C
Brasília
terça-feira, 11 junho, 2024

Rússia negocia desdolarização do comércio com a América Latina, diz diplomata

© iStock.com / Mphillips007

Sputnik – Moscou está conduzindo negociações para a desdolarização do intercâmbio comercial com uma série de países latino-americanos: Cuba, Nicarágua, Venezuela, bem como membros do BRICS, há progressos nesta questão, declarou à Sputnik o diretor do Departamento da América Latina no Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Aleksandr Schetinin.

“As instituições empresariais e bancárias estão em processo de negociação […] para encontrar as formas mais aceitáveis e convenientes de interação a fim de garantir as relações comerciais e econômicas entre nossos países. Uma delas são as moedas nacionais, a introdução de cartões Mir, a introdução de transações diretas”, disse Schetinin às margens do Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo (SPIEF, na sigla em inglês), que abriu hoje.
Ele ressaltou que as formas de desdolarização podem ser diferentes, mas a prioridade é desenvolver a cooperação.
Notas de dólares americanos e yuans - Sputnik Brasil, 1920, 14.05.2024

Notícias do Brasil

Desdolarização pode ajudar na reindustrialização do Brasil, apontam analistas

“Nós [temos negociações] com muitos países. Isso também está acontecendo no âmbito do BRICS, há ideias de implementar plataformas de pagamento alternativas […] com uma série de outros países com os quais temos relações comerciais e econômicas normais: Cuba, Nicarágua, Venezuela”, disse Schetinin. Segundo ele, já “há progressos” nesta questão.

Mais de 17 mil participantes de 130 países estão presentes no Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo, evento empresarial russo anual para o setor econômico. Neste ano, o SPIEF é realizado entre os dias 5 e 8 de junho.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS