14.5 C
Brasília
terça-feira, 11 junho, 2024

Rússia inicia projeto de míssil balístico submarino capaz de superar todos os sistemas de defesa

© Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia /

Sputnik – O jornal Izvestia informou que os trabalhos de formação de um projétil tático de um novo míssil balístico intercontinental submarino foram concluídos.

De acordo com a mídia, citando fonte do Ministério da Defesa da Rússia, o novo míssil deverá substituir o RSM-56 Bulava, atualmente em serviço pelas forças russas.
O Bulava foi projetado para os submarinos nucleares russos de classe Borei, que têm capacidade de transportar entre 12 e 16 mísseis.
Contudo, espera-se que um novo “submarino para mísseis” também seja desenvolvido paralelamente, para transportar as novas munições de última geração.

“Estes mísseis permanecerão operacionais por 25 ou 30 anos, sendo assim, é necessário pensar em submarinos de nova geração”, afirmou o historiador militar Dmitry Boltenkov.

Anteriormente, o almirante Nikolai Evmenov, comandante-chefe da Marinha russa, afirmou que os novos mísseis deverão superar quaisquer defesas contra mísseis, e contar com alta precisão em voos de longo alcance.
Até 2030, a Rússia deverá possuir uma potência de frotas balanceadas em todas as áreas estratégicas, incluindo navios capazes de realizar missões em zonas próximas ou distantes do mar e áreas oceânicas, bem como aviação naval e forças costeiras equipadas com armas de ataque de alta precisão, além de sistemas de fornecimento e fundamento avançado.

Submarino russo - Sputnik Brasil, 1920, 14.05.2023

Submarinos de alta tecnologia da Rússia detectam vulnerabilidades e viram problema para a OTAN

ÚLTIMAS NOTÍCIAS