16.1 C
Brasília
segunda-feira, 22 julho, 2024

Reino Unido está envolvido com contas do Twitter do Estado Islâmico

Hackers revelam ligação do governo britânico com contas do Twitter que apoiam Estado Islâmico

Um grupo de adolescentes especialistas em informática conseguiu provas que vinculam o governo britânico com várias contas do Twitter dedicadas a apoiar o grupo terrorista Estado Islâmico, segundo informaram meios de comunicação britânicos nesta terça-feira (15).
Um grupo de quatro jovens especialistas em informática, que se autodenomina VandaSec, diz que uma série de contas de redes sociais partidárias do Estado Islâmico são manejadas a partir de computadores sediados em instalações do Departamento de Trabalho e Aposentadorias britânico, o DWP.

Segundo o jornal Mirror, o VandaSec obteve indícios de que pelo menos três contas que espalham as ideias do grupo terrorista são usadas a partir de um IP sediado em um dos escritórios do DWp em Londres.

O VandaSec rastreou os endereços IP utilizados por esses três “jihadistas digitais” para acessar as contas do Twitter e levar a cabo campanhas de recrutamento e propaganda online, depois disso compartilharam a descoberta com a mídia britânica.

A revelação suscitou especulações sobre a possibilidade de que o departamento do governo esteja gerenciando as contas que apoiam o EI, que teriam sido criadas pelos serviços de inteligência britânicos para agir como iscas, detectando potenciais jihadistas.

O portal de notícias conseguiu averiguar que as direções IP envolvidas nas contas de propaganda formam parte de uma série de transações entre o Reino Unido e a Arábia Saudita.

“Nos inteiramos de que o Governo britânico vendeu um grande número de endereços IP aos empresários sauditas”, explicou o Mirror.

Depois de que a venda foi completada em outubro deste ano, os endereços foram usados por membros ou simpatizantes do EI, para difundir sua mensagem extremista, agrega o jornal.

Fonte: Russia Today

ÚLTIMAS NOTÍCIAS