21.5 C
Brasília
domingo, 3 março, 2024

Rebeldes apoiados pelos EUA foram responsáveis por ataque químico em Aleppo

Militantes do grupo Harakat Nour al-Din al-Zenki, que faz parte da chamada “oposição moderada” apoiada por Washington, foram os responsáveis por lançar ontem um ataque com gás venenoso que matou sete pessoas e deixou várias doentes e feridas na cidade de Aleppo, segundo informou o centro russo para a reconciliação da Síria nesta quarta-feira.
Simulação de como responder a um ataque de armas químicas na cidade síria de Aleppo
© AFP 2016/ JM LOPEZ
“Em 2 de agosto, um distrito residencial foi atacado com substâncias venenosas a partir da área controlada por militantes do Harakat Nour al-Din al-Zenki, considerados pelos EUA como ‘oposição moderada'”, afirmou o chefe do centro, general Sergei Chvarkov.
De acordo com Chvarkov, os militares americanos foram informados sobre o ataque dos rebeldes.
Além dos sete mortos, pelo menos 23 pessoas foram hospitalizadas com sintomas de sufocamento e queimaduras.

http://br.sputniknews.com/mundo/20160803/5926677/Rebeldes-EUA-ataque-quimico-Aleppo-Siria.html

ÚLTIMAS NOTÍCIAS