Brasília, 2 de julho de 2022 às 00:14
Selecione o Idioma:

Cuba

Postado em 08/05/2022 10:51

Putin expressa suas condolências a Cuba após a explosão de Havana

.

Moscou (Prensa Latina) O presidente russo Vladimir Putin expressou suas condolências ao seu homólogo cubano Miguel Diaz-Canel pelas trágicas consequências da explosão no Hotel Saratoga em Havana, disse hoje o Kremlin.

“Peço-lhes que transmitam palavras de simpatia e apoio às famílias e parentes das vítimas, assim como desejos de uma rápida recuperação a todos os afetados”, declarou ainda a mensagem do chefe de Estado russo.

Segundo dados preliminares, 64 pessoas foram hospitalizadas e mais de 20 pessoas foram dadas como mortas, incluindo uma criança e uma mulher grávida.

Como resultado do acidente, a instalação, que se preparava para reabrir em 10 de maio, perdeu suas fachadas frontal e lateral, e os andares inferiores foram danificados, assim como 17 edifícios vizinhos.

O governo cubano enfatizou que a prioridade é atender às vítimas, suas famílias e casas afetadas pelo incidente.

O presidente cubano Miguel Díaz-Canel lamentou a perda de vidas humanas e expressou sua gratidão pelas expressões de solidariedade recebidas.

Segundo o governador de Havana, Reinaldo Garcia, todos os hospitais da província foram mobilizados e várias instituições de saúde receberam milhares de pessoas que vieram para doar sangue.

No momento, os danos ao hotel estão sendo identificados e, preliminarmente, parece que não há danos estruturais preocupantes que impediriam a recuperação do edifício, disse ele.

Uma comissão de investigação continua hoje suas investigações para descobrir as causas da explosão no Hotel Saratoga, na capital cubana.

Comentários: