14.5 C
Brasília
quinta-feira, 18 julho, 2024

Presidente eleito do Irã: O apoio ao Hezbollah continuará fortemente

Masud Pezeshkian, durante um debate eleitoral televisionado em Teerã, 2 de julho de 2024.

HispanTV – Numa mensagem ao líder do Hezbollah, o presidente eleito do Irã, Masud Pezeshkian, indica que o apoio da República Islâmica à Resistência Libanesa continuará.

“A República Islâmica sempre apoiou a resistência do povo da região contra o regime sionista ilegítimo”, disse Pezeshkian numa carta ao secretário-geral do Movimento de Resistência Islâmica do Líbano (Hezbollah), Seyed Hasan Nasrallah.

O presidente eleito do Irã sublinhou que “ o apoio à Resistência tem raízes nas políticas fundamentais da República Islâmica do Irã, nos ideais do falecido Imam Khomeini (AS) e nas diretivas do Líder da Revolução Islâmica e continuará fortemente ”.

Além disso, afirmou estar “seguro de que os movimentos de Resistência na região não permitirão que o regime [sionista] continue com as suas políticas bélicas e criminosas em relação ao povo oprimido da Palestina e de outras nações da região”.

No final da carta, Pezeshkian agradeceu ao líder do Hezbollah por o felicitar pela sua vitória nas eleições iranianas e desejou bem-estar e progresso aos combatentes libaneses.

Após a sua vitória nas eleições de sexta-feira, os grupos da Resistência na região felicitaram o presidente eleito do Irã.

Na sua mensagem de felicitações a Pezeshkian, o líder do Hezbollah elogiou o apoio do Irã à Resistência.

Numa carta, Nasrallah destacou que a Resistência Libanesa e todos os movimentos de Resistência na região da Ásia Ocidental sempre consideraram o Irã como um patrono “forte, estável e durável” do regime israelita e dos EUA.

O Irã realizou na sexta-feira a segunda volta das eleições presidenciais nas quais o candidato reformista  Pezeshkian  obteve a maioria dos votos, 53,66%, tornando-se o presidente eleito do país . Seu rival, o principalista Said Jalili, obteve 44,34%.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS