18.5 C
Brasília
domingo, 21 julho, 2024

Presidente argentino viajará ao Brasil mas não se encontrará com Lula

O presidente da Argentina, Javier Milei, (à esquerda) e o ex-presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.

HispanTV – O presidente da Argentina viajará ao Brasil no próximo fim de semana, mas não se reunirá com o seu homólogo brasileiro, com quem tem diferenças ideológicas.

O presidente argentino, Javier Milei, decidiu viajar ao Brasil no dia 6 de julho para participar de um evento cuja administração ainda não foi detalhada.

“Não tenho a agenda nem o cronograma, nem nada, mas na verdade vamos viajar”, ​​disse o porta-voz da presidência argentina, Manuel Adorni, na segunda-feira.

Durante esta visita, o autoproclamado presidente “libertário” da Argentina não se reunirá com o seu homólogo brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, embora possa fazê-lo com o antigo presidente de extrema-direita do Brasil, Jair Bolsonaro. 

“Não vamos nos encontrar com Lula, caso algo disso seja manchete na imprensa e ainda não esteja confirmado se ele vai ou não se encontrar com Bolsonaro”, destacou o porta-voz da presidência argentina.

Da mesma forma, Adorni informou que o presidente argentino não participará da cúpula do Mercosul porque deverá cumprir os compromissos locais em Tucumán, um dos 23 estados da Argentina.

Além disso, o governante argentino esclareceu que a ausência não se deve às suas recentes divergências com Lula ou à “distância ideológica astronómica” entre os dois. 

Além disso, anunciou que a chanceler, Diana Mondino, será a representante da Argentina no evento regional que acontecerá no dia 8 de julho em Assunção, no Paraguai.

As tensões entre Brasil e Argentina aumentaram nos últimos meses, a tal ponto que o presidente brasileiro acusou Milei de colocar a democracia em risco .

No final de junho, Lula exigiu desculpas do seu homólogo argentino por ter falado “muita bobagem” sobre ele.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS