19.5 C
Brasília
domingo, 3 março, 2024

Pesquisas apontam empate entre candidatos peruanos no segundo turno

Lima, (Prensa Latina) Os neoliberais Keiko Fujimori e Pedro Pablo Kuczynski ajustam hoje suas campanhas para romper com o empate na intenção de voto dos peruanos, igualados quase perfeitamente em uma nova pesquisa privada.

Ambos candidatos e suas respectivas equipes analisam detalhes dos resultados da sondagem da firma GfK, segundo os quais a diferença entre aqueles que disputarão a presidência em 5 de junho é quase inexistente, pois Kuczynski tem 50,1% e Fujimori 49,9%.

Essas cifras só consideram os participantes que optaram por um ou outro candidato, como será no dia 5 de junho, e tudo indica que as campanhas se focarão nos 13,6% que afirmaram votar em branco (8,8) ou anular (4,8) seus votos no simulacro nacional realizado pela GfK.

Outras pesquisas privadas realizadas depois do primeiro turno de 10 de abril apontaram a um empate técnico, mas com maiores diferenças que o resultado divulgado ontem à noite pela empresa, mas que estavam abaixo das margens de erro.

O resultado reafirma também que teve um marco zero depois da primeira rodada, pois o apoio a Kuczynski eliminou a ampla vantagem de sua rival, pois ela ganhou com quase 40% dos votos adiante dos 21% do candidato.

Todas as análises indicam que entre os votos no veterano empresário e político estão parte dos que no primeiro turno apoiaram a progressista Verónika Mendoza, que conseguiu o terceiro lugar e que questiona os finalistas por serem neoliberais, mas sustenta que a pior opção para a democracia seria uma vitória de Fujimori.

Fez assim referência à possibilidade de uma reedição do governo de mão de ferro do pai de Keiko, Alberto Fujimori, quem cumpre uma pena de 25 anos de prisão como autor de duas matanças e outros crimes e por atos de corrupção.

Nos detalhes da nova pesquisa, Kuczynski tem um apoio de 71,1% nos setores sócio-econômicos altos, A e B, enquanto Fujimori se impõe com 57,8% nos setores mais baixos, D e E.

A maior percentagem de apoio ao candidato está em Lima (53,5) e o da candidata localiza-se no interior (51,8)%. Os votos brancos e viciados do simulacro representam 13,6%.

Kuczynski é considerado representante dos empresários por 63,5% dos interrogados e Fujimori como representante dos “que menos têm” por 47,4%.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS