24.5 C
Brasília
quinta-feira, 22 fevereiro, 2024

Pérez Esquivel pede eleições livres no Equador

Buenos Aires, 14 de julho (Prensa Latina) O Prêmio Nobel da Paz da Argentina, Adolfo Pérez, denunciou hoje que o povo do Equador continua a perder sua democracia e pediu eleições livres nesse país.
Em uma mensagem transmitida no twitter, o ativista social ecoa uma queixa do ex-presidente equatoriano Rafael Correa, que apontou como o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) eliminará o Fuerza Compromiso Social por pressão do governo.

‘O povo equatoriano continua a perder sua democracia. Exigimos eleições livres com todas as vozes presentes’, escreveu Pérez Esquivel.

Anteriormente, Correa apontou que a CNE cedeu à pressão do Controlador Geral Pablo Celi, da Ministra do Interior, María Paula Romo, e do Governo para eliminar o Movimiento Fuerza Compromiso Social List 5 do registro de organizações políticas autorizadas a participar do processo eleitoral 2021.

A denúncia vem depois que o ex-presidente no mês passado também alertou sobre a conspiração para impedir sua participação nas eleições gerais e legislativas, marcadas para fevereiro do próximo ano.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS