21.5 C
Brasília
sábado, 2 março, 2024

Parlamento Árabe condena relatório americano sobre liberdade religiosa na Argélia

Foto: Prensa Latina

El Moudjahid – O Parlamento Árabe condenou o relatório americano sobre a situação da liberdade religiosa na Argélia, exigindo respeito pela privacidade e cultura das sociedades árabes.

“O Parlamento Árabe condena o conteúdo do relatório elaborado pelo Departamento de Estado dos EUA sobre a situação da liberdade religiosa na República Democrática Popular da Argélia, que continha informações incorretas e falsas, sem qualquer ligação com a realidade.

O Parlamento Árabe afirma que as questões relacionadas com as liberdades religiosas estão ligadas à privacidade social e cultural de cada sociedade, e que não é permitido interferir nelas do exterior sob qualquer justificação, acrescentando que “a República Argelina democrática e popular é uma dos países conhecidos pela sua moderação, para além do facto de a Constituição e as leis argelinas reconhecerem as liberdades religiosas e garantirem a liberdade de crença de uma forma clara e inequívoca”, saudando “os grandes esforços desenvolvidos pela Argélia nesta área, sob a sábia liderança de Sua Excelência o Presidente Abdelmadjid Tebboune.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS