20.5 C
Brasília
terça-feira, 5 março, 2024

‘Para eles não teve liberdade, foram expulsos’, diz Petro sobre estudantes colombianos na Argentina

© AP Photo / Fernando Vergara

Sputnik – Medida proposta por Milei vai impactar mais de 20 mil colombianos que estudam gratuitamente no país; governo colombiano pretende acolhê-los e custear ensino.

presidente da Colômbia, Gustavo Petro, expressou, através de sua conta no X (ex-Twitter), contrariedade em relação à medida do presidente argentino, Javier Milei, que encerra o projeto de ensino gratuito para estrangeiros nas universidades da Argentina.
“Para eles, não houve a chamada liberdade”, escreveu Petro. O presidente afirmou ainda que o país vai receber os mais de 20 mil estudantes colombianos e custear a educação deles que, conforme considerou o líder do Executivo, foram “expulsos” da Argentina.
A ação que vai limitar o acesso de estrangeiros ao ensino gratuito argentino faz parte do megadecreto de reforma de Estado proposto por Milei. Neste caso, estudantes que não têm residência na Argentina terão que pagar por seus estudos.
O presidente argentino, Javier Milei, e sua equipe no anúncio do decreto de necessidade e urgência (DNU) de desregulação econômica, em dezembro de 2023 - Sputnik Brasil, 1920, 29.12.2023

Panorama internacional

Suprema Corte Argentina julgará constitucionalidade de decreto de Milei em

O projeto político de Milei para a Argentina, que inclui, segundo o chefe do Executivo, maior controle sobre a administração pública e “diminuição do Estado”, tem enfrentado críticas por parte da população. Em quase três semanas de governo, centrais sindicais e movimentos sociais já foram às ruas pelo menos três vezes para protestar contra as medidas do mandatário.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS