21.5 C
Brasília
domingo, 23 junho, 2024

Papa Francisco concede audiência à esposa de Julian Assange

Papa Francisco e Stella Assange (Foto: Twitter/@Stella_Assange)

Stella Assange está atualmente empreendendo uma campanha para impedir que seu marido seja extraditado para os Estados Unidos

(Sputnik) – O papa Francisco concedeu uma audiência a Stella Assange, esposa do fundador do WikiLeaks, Julian Assange, que atualmente está detido atrás das grades no Reino Unido, informou a Santa Sé, nesta sexta-feira (30).

Julian Assange, um cidadão australiano, está detido na prisão de alta segurança de Belmarsh, em Londres, desde abril de 2019, enquanto enfrenta um processo nos Estados Unidos sob a Lei de Espionagem. Se condenado, ele pode pegar 175 anos de prisão.

“Esta manhã, o Santo Padre Francisco recebeu em audiência… a senhora Stella Assange, com familiares”, disse a Santa Sé em um comunicado. Stella Assange está atualmente empreendendo uma campanha para impedir que seu marido seja extraditado para os Estados Unidos. “Esta manhã [o Papa Francisco] concedeu a mim e aos nossos filhos uma audiência privada. Estamos maravilhados”, tuitou Stella Assange.

Em 13 de junho, Julian Assange apelou novamente ao Tribunal Superior de Londres para lutar contra sua extradição, mas seu recurso foi rejeitado. O próximo passo seria recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos (CEDH). Assange já havia apelado à CEDH em dezembro de 2022.

O WikiLeaks foi fundado por Julian Assange em 4 de outubro de 2006, mas ganhou destaque em 2010, quando começou a publicar vazamentos em larga escala de informações classificadas do governo, inclusive dos EUA.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS