23.5 C
Brasília
quarta-feira, 22 maio, 2024

Palestina critica silêncio internacional sobre crimes israelenses

Ramallah (Prensa Latina) O Ministério das Relações Exteriores da Palestina criticou hoje o silêncio internacional diante dos contínuos crimes israelenses nos territórios ocupados.

A ausência de dissuasão e responsabilização internacional encoraja aquele país a continuar seus ataques contra o povo palestino, alertou o Ministério das Relações Exteriores em comunicado.

Nesse sentido, ele denunciou a morte na segunda-feira de Mohammad Ibrahim Shaham, 21, baleado quando os militares israelenses invadiram sua casa no leste de Jerusalém.

O ministério alegou que foi um “assassinato premeditado e extrajudicial” porque os soldados nem tentaram prendê-lo.

“Este crime hediondo é uma extensão da série de execuções e assassinatos cometidos pelas forças de ocupação sob instruções” das autoridades de Tel Aviv, sublinhou.

Nas últimas semanas, o Ministério das Relações Exteriores pediu aos Estados Unidos que passem das palavras aos atos e tomem medidas contra seu principal aliado no Oriente Médio.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS