19.5 C
Brasília
terça-feira, 21 maio, 2024

Netanyahu está ‘perturbado’ e apoio dos EUA é uma ‘loucura’, diz ex-funcionário do FMI à Sputnik

© AP Photo / AP

Sputnik – Hossein Askari diz à Sputnik temer que o primeiro-ministro israelense faça algo para trazer os Estados Unidos diretamente para o conflito, escalando a tensão no Oriente Médio.

O apoio incondicional dos Estados Unidos a Israel encoraja o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, a assumir riscos elevados que podem agravar a crescente agitação no Oriente Médio.
É o que afirmou à Sputnik Hossein Askari, ex-membro do Conselho Executivo do Fundo Monetário Internacional (FMI) e conselheiro especial do ministro das Finanças da Arábia Saudita neste sábado (13).
Hoje, o Irã lançou dezenas de drones e mísseis contra Israel, em retaliação ao ataque contra o consulado iraniano na Síria, que matou sete membros da elite do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês) na semana passada.
Lançamento de combate de um míssil do sistema de mísseis tático-operacional Iskander para destruir hangares com equipamento militar e munições das Forças Armadas ucranianas durante a operação militar especial - Sputnik Brasil, 1920, 13.04.2024

Panorama internacional

Conflito entre Israel e Irã: explosões são ouvidas em boa parte do Oriente (VÍDEOS)

“Posso assegurar que o Irã não quer uma guerra com Israel ou com os Estados Unidos. Mas o Irã teve de retaliar. Os EUA sabiam disso, tal como Israel. Mas tudo depende de [Benjamin] Netanyahu porque, infelizmente, [Joe] Biden deu a Netanyahu carta branca para fazer o que quisesse e os EUA correrão em defesa de Israel. Assim, dado o histórico de Netanyahu, sim, acredito que as coisas vão piorar”, disse Askari.
Askari disse ainda temer que Netanyahu faça algo para trazer os Estados Unidos diretamente para o conflito.
“Netanyahu está perturbado e é uma loucura que os Estados Unidos continuem a apoiar Israel incondicionalmente”, acrescentou Askari.

Anteriormente, um oficial de defesa dos EUA disse à Sputnik que as forças dos EUA estão abatendo drones iranianos que seguem em direção a Israel e que estão prontas para fornecer apoio defensivo adicional.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS