27.5 C
Brasília
sexta-feira, 24 maio, 2024

Moscou vê com bons olhos a entrada da Argentina no Brics

Comentário foi feito pelo assessor do presidente da Rússia, Iúri Uchakov. O Irã também apresentou um pedido de adesão ao bloco de emergentes.

Ao ser questionado por repórteres sobre a solicitação apresentada pela Argentina para ingressar no Brics, o assessor do presidente russo, Iúri Uchakov, afirmou que Moscou saúda a possível expansão do bloco de países emergentes. No entanto, Uchakov acrescentou que “a questão deve ser abordada com muito cuidado, com atenção”.

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, expressou claramente o desejo de o país entrar no Brics. “Aspiramos a ser membros plenos deste grupo de nações (…) Somos fornecedores de alimentos seguros e responsáveis, reconhecidos no campo da biotecnologia e tecnologia de logística aplicada”, disse Fernández em 24 de junho, citado pelo RBC.

Além da Argentina, o Irã também apresentou um pedido de adesão ao Brics.

O lado russo propõe agora definir os procedimentos e requisitos para os candidatos ingressarem, segundo Uchakov. “Primeiro seria necessário encontrar alguns formatos que, em uma primeira fase, permitissem a cooperação com a associação como observadores.”

O Bric foi originalmente fundado em junho de 2006 no âmbito do Fórum Econômico de São Petersburgo, com a participação dos ministros da Fazenda do Brasil, Rússia, Índia e China. Em 2010, com a entrada da África do Sul no gruo, tornou-se o Brics.

O original encontra-se em https://br.rbth.com/estilo-de-vida/86838-moscou-ve-com-bons-olhos-entrada-argentina-brics

ÚLTIMAS NOTÍCIAS