17.5 C
Brasília
sábado, 22 junho, 2024

Medvedev: Ucrânia entrou na fase de declínio após a morte

O ex-presidente russo Dmitry Medvedev acusa os EUA e a Ucrânia de não quererem a paz e afirma que Kiev “entrou no estágio de declínio após a morte”.

HispanTV- O vice-presidente do Conselho de Segurança Nacional da Federação Russa, em comunicado publicado esta sexta-feira no seu canal Telegram, indicou que o Ocidente quer apoiar a mentira da grande contra-ofensiva fornecendo dinheiro à Ucrânia, mas apenas a rendição da Ucrânia na guerra pode levar a uma solução pacífica.

Criticando a ajuda financeira excessiva do Ocidente a Kiev, Medvedev especificou que “o mundo intelectual mais uma vez estremeceu quando soube da alocação silenciosa de dezenas de bilhões de dólares para os zumbis ucranianos. Mas os homens-bomba (ucranianos) que estão destruindo tanques ocidentais não verão esse dinheiro e apenas a morte os aguardará”.

“Mas este é um dinheiro muito importante para a elite gerontocrata do Partido Democrata dos EUA e seus asseclas na União Europeia (UE). Afinal, o mito da grande contra-ofensiva está de acordo com o mito da grande economia do dólar.

O presidente russo afirma que a contra-ofensiva do Exército ucraniano não obteve sucesso diante da resistência das Forças Russas no leste e sul da Ucrânia.

Analisando a possibilidade de paz entre a Ucrânia e a Rússia, Medvedev destacou que “o povo que sofre nas trincheiras de um país desintegrado realmente só precisa [seu governo] se render, o que poderia abrir caminho para a paz. Mas nem Washington nem Kiev querem a paz.

Depois de afirmar que os EUA querem um poder indivisível na Ucrânia, o ex-presidente russo enfatizou que Washington não se importa com o sangue dos ucranianos, portanto, “o moedor de carne conhecido como contra-ofensiva está trabalhando sem parar hoje, massacrando milhares de infelizes povo [da Ucrânia].”

O vice-presidente do Conselho de Segurança Nacional da Rússia também observou que a mesma contra-ofensiva não ajudará mais o regime de Kiev, que “entrou no estágio de declínio após a morte. É impossível proteger o corpo [ucraniano].”

Mais cedo, o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, denunciando que todo o Ocidente travou uma guerra por procuração contra seu país, disse que os Estados Unidos cometeram um crime de guerra ao fornecer munições cluster à Ucrânia.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS