19.5 C
Brasília
domingo, 3 março, 2024

Medidas especiais para o transporte público adotadas na Venezuela

Caracas, (Prensa Latina) A partir desta terça (23), o governo venezuelano adotará algumas medidas organizacionais com transporte coletivo como parte da quarentena extrema que começou esta semana para conter o aumento dos casos do Covid-19.
O Metrô de Caracas e o sistema ferroviário prestarão serviço parcial a partir desta terça-feira, segundo o vice-presidente de Comunicação, Cultura e Turismo, Jorge Rodríguez.

Esse serviço e o ferroviário estarão disponíveis apenas para os trabalhadores da atividade econômica que foram isentos de quarentena, que terão que viajar com um salvo-conduto, explicou o alto funcionário.

Ele reiterou a necessidade de usar a máscara e tomar medidas de distanciamento social para evitar o contágio, pois reconheceu que o país está em meio a um grande surto do vírus.

A Venezuela relatou 130 casos de infecção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando o número total para 4.048, enquanto duas novas mortes elevaram o número total de fatalidades para 35.

Como parte das medidas especiais adotadas durante a quarentena radical, que durará até domingo, 28 de junho, a circulação do metrô e da ferrovia foi restrita, por isso foi implementado um plano especial de transporte de superfície que cobrirá cinco rotas das seis da manhã às sete da noite, horário local.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS