17.5 C
Brasília
terça-feira, 18 junho, 2024

Maduro pede ao povo que diga aos EUA “chega de saques e roubos”

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, em seu programa de rádio e televisão, Con Maduro+, 8 de maio de 2023.

Maduro pediu aos venezuelanos que se unam “com força e coração” e digam aos Estados Unidos “chega de saques e roubos”, Citgo pertence ao povo da Venezuela

HispanTV – Durante a transmissão de seu programa de rádio e televisão, Con Maduro+, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou na segunda-feira que a República Bolivariana está em uma grande batalha para recuperar os bens roubados da nação sul-americana no mundo, que inclui ouro congelado em bancos do Reino Unido e outros ativos.

“Testemunhamos atos aberracionais contra a soberania nacional, econômica e petrolífera, e o fato de se apropriar da empresa venezuelana Citgo por meio de uma licença do Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC) é simplesmente aberrante”, disse o mandatário.

https://twitter.com/i/broadcasts/1zqKVPawoDpJB?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1655680538496122883%7Ctwgr%5E5a1d08ba3c8f5a544f41054dc4300b32d0e3c217%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.hispantv.com%2Fnoticias%2Fvenezuela%2F565019%2Fmaduro-pueblo-saqueo-eeuu-citgo

Venezuela denuncia confisco da Citgo pelos EUA como ação criminosa
Recordou que a Citgo está em território norte-americano e tem um valor patrimonial superior a 13 mil milhões de dólares, além de ter mais de 10 mil postos de distribuição de gasolina nas costas leste e oeste do país norte-americano.

Maduro critica “roubo descarado” da Citgo pelos EUA e a extinta AN

“Agora pretendem saqueá-lo, roubá-lo e entregá-lo a esta oposição de extrema direita, que se esconde e tenta se disfarçar, mas que é responsável por todas as sanções e medidas coercitivas unilaterais aplicadas à Venezuela desde 2014”, insistiu Presidente Maduro.

Venezuela rejeita venda ilegal de ações da Citgo nos EUA

O governante reiterou o apelo ao povo da Venezuela para “permanecer em permanente batalha” para denunciar e repudiar a desapropriação daquela empresa por parte dos EUA.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS