12.5 C
Brasília
quarta-feira, 12 junho, 2024

Kim Jong-un mostra a Shoigu novos drones semelhantes aos americanos

© Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia

Sputnik – O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, mostrou ao ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, novos drones norte-coreanos, que se parecem com os americanos, de acordo com as fotos da Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA, na sigla em inglês).

Anteriormente, foi relatado que Kim Jong-un visitou a exposição junto com Sergei Shoigu e membros da delegação militar da Federação da Rússia em 26 de julho. A exposição é realizada com o patrocínio do Ministério da Defesa da Coreia do Norte por ocasião do 70º aniversário do fim dos combates na Guerra da Coreia.
As imagens mostram que o líder norte-coreano e o ministro russo inspecionaram as mais recentes armas da República Popular Democrática da Coreia, incluindo mísseis balísticos intercontinentais em cores camufladas e com números de unidades de combate e seus lançadores móveis, tanques e veículos blindados.
Duas amostras de veículos aéreos não tripulados atraíram atenção especial. Nos banners são apresentadas suas fotos em voo. Isso significa que a Coreia do Norte não só já desenvolveu esses drones, mas também os testou.
Como observa a agência sul-coreana Yonhap, um dos drones parece um análogo do drone de reconhecimento americano RQ-4 Global Hawk, e o outro parece um MQ-9 Reaper da empresa General Atomics.
É relatado que a aparência do primeiro é tão semelhante à dos drones da Força Aérea da Coreia do Sul, Global Hawk, que “se eles começarem a voar simultaneamente no espaço aéreo sobre a península coreana, eles podem confundir”.
Além disso, a agência aponta que até mesmo os números no lado dos drones se parecem com aqueles aplicados aos seus pela Força Aérea da Coreia do Sul.
De acordo com a agência, há especulações de que a Coreia do Norte pode ter usado informações obtidas de ataques de hackers para criar drones.
A delegação militar russa chefiada pelo Ministro da Defesa Sergei Shoigu, chegou à Coreia do Norte na terça-feira (25) para participar das celebrações que marcam o 70º aniversário do fim das hostilidades na Guerra da Coreia. De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, a visita ajudará a fortalecer os laços militares entre Moscou e Pyongyang e será uma etapa importante no desenvolvimento da cooperação entre os dois países.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS