23.5 C
Brasília
quarta-feira, 22 maio, 2024

Indignação na Europa: Milhares marcham contra o genocídio em Gaza

HispanTV – Milhares de pessoas marcharam em várias cidades europeias para denunciar o genocídio do regime israelita na Faixa de Gaza e expressar o seu apoio à Palestina.

À medida que passa o 197º dia da guerra de Israel em Gaza, que deixou mais de 34.000 mortos no enclave palestiniano, os manifestantes em Berlim, Dublin e Genebra exigiram um cessar-fogo imediato e permanente e apelaram aos seus governos para que parassem de enviar armas aos sionistas. regime.

Quase 3.500 pessoas, segundo a contagem da Guàrdia Urbana, reuniram-se no centro de Barcelona para mostrar a sua solidariedade com a Palestina e exigir o fim dos ataques de Israel a Gaza.

As associações pró-palestinianas Comunitat Palestinian de Catalunya e Coalició Prou ​​​​Complicitat amb Israel, convocaram a marcha, à qual muitos aderiram usando lenços palestinos no pescoço, exigindo que o Governo espanhol de Pedro Sánchez rompa relações com Israel.

Na cidade alemã de Berlim , pelo menos 2.000 pessoas reuniram-se na praça Potsdamer Platz e marcharam até ao Bundestag, o Parlamento federal, entoando slogans como “A Alemanha financia os bombardeamentos de Israel”, “Que vergonha” e “Não às armas para Israel”. ”

Os manifestantes carregavam faixas e cartazes com slogans como “pare de apoiar Israel com os meus impostos” e “a comunidade judaica exige não apoiar o genocídio”.

Alguns manifestantes foram temporariamente detidos para verificações de identidade depois de alegadamente entoarem slogans provocativos que questionavam o direito de existência do regime sionista.

Um grande número de pessoas, reunidas no Garden of Remembrance Park, em Dublin , capital irlandesa, pediram o fim dos ataques de Israel a Gaza, segurando faixas com slogans como “Boicote o apartheid de Israel” e “Liberdade e justiça para a Palestina”. .

A marcha, organizada pela Campanha de Solidariedade Palestina-Irlanda, envolveu vários grupos, como professores, que carregaram bandeiras palestinas e irlandesas ao longo da Kildare Street.

Em Genebra , milhares de pessoas encheram a Place de Neuve e marcharam pelo centro da cidade durante horas carregando bandeiras palestinas e cartazes expressando seu apoio aos habitantes de Gaza.

Os manifestantes, entre aplausos dos vizinhos, durante o seu passeio de duas horas, entoaram frequentemente slogans contra o presidente norte-americano, Joe Biden, e o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu.

Enquanto os povos de vários países ao redor do mundo saem às ruas para exigir o fim dos crimes atrozes de Israel em Gaza, muitos dos seus governos apoiam o regime sionista com armas e outros meios.

Analistas asseguram que a guerra terminaria se Israel não contasse com o apoio de países como os Estados Unidos, em particular.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS