13.5 C
Brasília
domingo, 26 maio, 2024

Il-78, o ‘posto de gasolina voador’ que abastece aviões de 8 forças aéreas no mundo

Ministério da Defesa da Federação da Rússia

Reabastecimento de aeronaves é uma das tarefas mais difíceis para as tripulações.

A operação de transferência de combustível no ar permite a realização de uma série de tarefas importantes para a aviação de combate. Por exemplo, pode ser usada para aumentar o alcance de aeronaves de ataque (ou peso de carga útil para um alcance determinado), reduzir o tempo de viagem das aeronaves e permitir que decolem de pistas mais curtas (decolando com menos combustível). E até agora é este último que prevalece sobre o risco e a carga psicológica da tripulação no processo de reabastecimento.

Sukhoi MKA argelino durante uma manobra de reabastecimento aéreo

De acordo com o portal Airwar.ru, o trabalho na Oficina de Projetos Experimentais Ilyushin no desenvolvimento do ‘posto de gasolina voador’ começou em 14 de março de 1968.

O primeiro voo do IL-78 ocorreu em 26 de junho de 1983 em Tachkent. Os testes de fábrica da máquina continuaram até dezembro do mesmo ano e, em março de 1984, o IL-78 passou nos testes estatais, que foram concluídos com sucesso em 30 de junho.

Vista lateral direita de um avião-tanque soviético Tu-16 Badger-A reabastecendo um avião de ataque Badger-C em voo. Poder Militar Soviético, 1985

Internamente, o Il-78 possui um par (em algumas variantes, três) de enormes tanques de combustível cilíndricos, montados através de paletes no compartimento de carga; juntos, contêm 35 toneladas da carga total transferível de 100 toneladas de combustível. O processo de reabastecimento é supervisionado por um observador que ocupa a antiga posição de atirador de causa, porém controlado da estação do mecânico de voo na cabine do piloto.

Argélia

China

Estados Unidos

Índia

Líbia

Paquistão

Rússia

Ucrânia

ÚLTIMAS NOTÍCIAS