21.5 C
Brasília
quinta-feira, 23 maio, 2024

Hungria está cansada dos valores ocidentais, diz Politico

© Foto / JStolp

Sputnik – Muitos húngaros acreditam que na questão dos valores culturais a verdade está do lado da Rússia, afirmou em uma entrevista ao Politico o escritor húngaro Attila Demko.
Na publicação foi salientada a ruptura crescente entre Budapeste e o Ocidente, que tenta impor os seus valores progressistas ao país.

“Passados 12 anos de pressão por parte da UE e do Ocidente, muitos húngaros acabam pensando que, se o Ocidente é mau, então deve haver verdade no que a Rússia está fazendo”, cita a edição as palavras de Demko.

O autor do artigo chamou a atenção para a crescente atratividade dos valores tradicionais na Hungria, o que é promovido pelas políticas do primeiro-ministro húngaro Viktor Orbán.
“Tendo em conta que Orbán apresenta o progressismo ocidental como perigoso para os húngaros, não é surpreendente que os valores culturais mais tradicionais russos se tornem atraentes”, diz a publicação.
Primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, durante reunião com o presidente belarusso, Aleksandr Lukashenko, em Minsk, Belarus, 5 de junho de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 23.07.2022

Panorama internacional

Viktor Orbán: Europa está em apuros, precisa de nova estratégia para a Ucrânia

Anteriormente, o Parlamento Europeu aprovou um relatório apelando ao Conselho da UE para reconhecer o risco de violações graves pela Hungria dos valores básicos em que a União Europeia se baseia. Os deputados sugeriram que a Comissão Europeia suspendesse a alocação de fundos à Hungria do orçamento comum europeu no âmbito do plano de recuperação econômica até que todas as violações sejam corrigidas.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS