24.5 C
Brasília
domingo, 19 maio, 2024

Gasoduto Nord Stream permanecerá fechado até que sanções sejam levantadas, diz Kremlin

As questões técnicas com o fornecimento de gás para a Europa através do gasoduto Nord Stream 1 (Corrente do Norte 1) permanecerão até que o Ocidente levante as sanções impostas à Rússia devido a operação especial na Ucrânia, disse Dmitry Peskov, porta-voz do Kremlin.
Em 31 de agosto, a empresa estatal de energia Gazprom cessou completamente o fornecimento de gás através do gasoduto.
Embora inicialmente o Nord Stream 1 devesse retomar o bombeamento de gás na sexta-feira (2), a gigante russa de energia anunciou que o gasoduto permaneceria fechado por tempo indeterminado devido a problemas técnicos.
“Problemas nas entregas [de gás] surgiram devido a sanções que foram impostas ao nosso país e a várias empresas por países ocidentais, incluindo a Alemanha e o Reino Unido. Não há outras razões por trás dos problemas de fornecimento”, observou Peskov.
O porta-voz do Kremlin também afirmou que não é culpa da Gazprom que “os europeus tomem uma decisão completamente absurda de se recusarem a prestar o serviço de manutenção ao seu equipamento, ou mais precisamente a equipamento que pertence à Gazprom, mas a que eles [europeus] deveriam efetuar manutenção de acordo com contrato, a culpa é dos políticos que tomaram a decisão sobre as sanções”.
Sede da OPEP em Viena - Sputnik Brasil, 1920, 05.09.2022

Panorama internacional

OPEP+ decide reduzir sua produção petrolífera em 100.000 barris diários em outubro

Peskov ressaltou que todas as operações do Nord Stream 1 dependem de “um equipamento que precisa de manutenção importante”.
Os altos custos da energia já forçaram algumas indústrias europeias, incluindo fabricantes de fertilizantes e alumínio, a reduzir a produção e levaram os governos da UE a gastar bilhões de euros em esquemas para ajudar as famílias.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS