Brasília, 23 de janeiro de 2022 às 03:14
Selecione o Idioma:

Argentina

Postado em 28/04/2020 8:17

Fernández se diz preocupado com o Brasil: “falta seriedade”

.

(Clarín)

“Isso pode vir para a Argentina”

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, revelou no domingo 26/IV que está “muito preocupado com a situação do Brasil” em meio à pandemia do novo coronavírus, porque esse risco “pode cruzar a fronteira argentina” e “o governo brasileiro não está encarando o problema com seriedade”.

“Preocupa-me muito a situação do Brasil. Tive uma conversa com todos os governadores por videoconferência. O governador de Misiones (fronteira com PR, SC e RS) expôs com toda clareza a sua preocupação porque as províncias de Misiones e Corrientes (fronteira com o RS) são caminho de entrada de muitos caminhões de carga que vêm de São Paulo, onde o foco de infecção é altíssimo”, admitiu o presidente argentino. “Não acho que o governo brasileiro esteja encarando o problema com a seriedade que o caso requer. Digo isso sinceramente. Eu gosto muito do povo do Brasil, mas isso me preocupa muito porque pode vir para a Argentina”, completou Fernández.

No fim de semana, ele anunciou a nova fase da quarentena total, iniciada em 20/III e renovada a partir desta segunda 27/IV. Para metade da população que vive nos grandes centros urbanos do país com mais de 500 mil habitantes, como Buenos Aires, a quarentena segue com restrição total. Inicia-se, porém, uma fase de flexibilização para a outra metade da população que vive nas cidades com menos de 500 mil pessoas, onde não houve registro de casos nos últimos dias. A decisão sobre como prosseguir com essa flexibilização caberá aos governadores de cada província.

Conversa Afiada

Comentários: