24.5 C
Brasília
quinta-feira, 20 junho, 2024

FANB da Venezuela reafirma seu compromisso com a defesa de Essequibo

Soldados marcham durante o desfile do Dia da Independência da Venezuela em Caracas, 5 de julho de 2023.

HispanTV – As Forças Armadas Nacionais Bolivarianas (FANB) da Venezuela reiteraram o seu compromisso com a defesa do território de Essequibo em meio à disputa com a Guiana.

“A FANB ratifica fortemente o seu compromisso com o povo, na defesa do direito histórico ao Essequibo. Nós, os soldados bolivarianos, permaneceremos firmes diante de qualquer pretensão e agressão que pretenda minar a paz”, afirmou o órgão militar em mensagem na rede social X (antigo Twitter).

Na mesma plataforma digital, o Presidente Nicolás Maduro destacou o papel “fundamental” da FANB na garantia da defesa da pátria e da paz dos venezuelanos, e instou a instituição militar a continuar “avançar na defesa” do território venezuelano.

Há mais de um século que a Venezuela e a Guiana reivindicam a soberania da região de Essequibo, uma área de cerca de 160 mil quilómetros quadrados, que possui importantes reservas de petróleo. Contudo, o conflito foi recentemente agravado pelo processo de licitação unilateral da Guiana para blocos petrolíferos na área disputada.

Para Caracas, a presença da empresa americana ExxonMobil no concurso guianense representa a “militarização” de Essequibo pelos Estados Unidos, conforme denunciou o chanceler venezuelano, Yván Gil, perante a Assembleia Geral das Nações Unidas.

Num gesto de possível distensão, Maduro manifestou a vontade de se reunir com o seu homólogo guianense, Irfaan Ali, com o objetivo de retomar o diálogo e as negociações sobre o Essequibo.

A Venezuela nunca reconheceu a soberania da Guiana sobre a região rica em petróleo de Essequibo e garante que a controvérsia deve ser resolvida no âmbito do Acordo de Genebra de 1966, que prevê uma solução negociada e não pela Corte Internacional de Justiça (CIJ), como exigido por Georgetown.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS