12.5 C
Brasília
domingo, 23 junho, 2024

Exército equatoriano entra na Colômbia e leva seis pessoas

O Exército do Equador entrou em território colombiano e deteve seis pessoas da reserva indígena San Marcelino, na região fronteiriça de Putumayo.

HispanTV- Por volta do meio-dia deste sábado, a Unidade de Proteção Nacional (UNP) e vários moradores denunciaram que forças equatorianas entraram em território colombiano, especificamente na reserva San Marcelino, localizada em Putumayo, na fronteira com o Equador, colocando em risco os indígenas.

As tropas equatorianas prenderam o governador do San Marcelino Resguardo, sua esposa e outros quatro membros da guarda indígena, levando-os embora, segundo depoimentos de vizinhos, colhidos pela rádio W Radio .

Fontes do governo colombiano confirmaram que há uma comunicação com as autoridades equatorianas, e que a explicação que o país vizinho deu é que a fronteira foi atravessada, sem querer desrespeitar o território colombiano, em meio à perseguição de uma pessoa que supostamente transportava narcóticos

Segundo os policiais uniformizados equatorianos, foram apreendidos cerca de 20 quilos de cloridrato de cocaína. 

Nos últimos meses, os departamentos fronteiriços da Colômbia com o Equador dispararam todos os alarmes. É uma das áreas onde ainda se trava a guerra que decorre do acordo de paz entre o governo colombiano e as extintas guerrilhas das FARC. Tanto Quito quanto Bogotá concordaram com uma política de apreensão de drogas mais agressiva perto de sua fronteira comum.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS