22.5 C
Brasília
terça-feira, 18 junho, 2024

Ex-presidentes se reúnem com o presidente eleito do México

Cidade do México, 3 de junho (Prensa Latina) Os ex-presidentes da Argentina, Alberto Fernández, e da Bolívia, Evo Morales, reuniram-se com Claudia Sheinbaum Pardo, que hoje se tornou a primeira mulher a conquistar a presidência do México.

Os ex-presidentes integraram uma delegação enviada pelo Grupo Puebla, grupo internacional formado por líderes progressistas, para observar as eleições deste domingo.

«Tive o privilégio de abraçar quem será a nova presidente deste querido país, Claudia Sheinbaum. Tive a honra de estar com ela e sua equipe recebendo os primeiros resultados”, indicou Fernández por meio de sua conta X.

Em sua mensagem, descreveu Sheinbaum como uma “mulher progressista” que dará continuidade à tarefa iniciada pelo presidente Andrés Manuel López Obrador.

Por sua vez, Morales destacou que teve um “bom encontro com o presidente recém-eleito”, a quem definiu como “humilde e muito comprometido”.

Segundo dados oficiais do Instituto Nacional Eleitoral (INE), Sheinbaum obteve entre 58,3 e 60,7 por cento dos votos nas eleições realizadas este domingo.

A imprensa mencionou a contagem rápida do INE, que especificava que o candidato da oposição Xóchitl Gálvez, o adversário mais próximo de Sheinbaum, apenas atingiu intervalos estimados entre 26,6 e 28,6 por cento.

A assessora presidente do INE, Guadalupe Taddei, destacou que Jorge Álvarez, do Movimento Cidadão, ficou em terceiro lugar com uma percentagem entre 9,9 e 10,8.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS