26.5 C
Brasília
quarta-feira, 22 maio, 2024

Ex-analista do Pentágono explica por que o Ocidente não quer paz na Ucrânia

© Foto / Captura de vídeo do Ministério da Defesa da Rússia

Sputnik – Os líderes ocidentais não querem paz na Ucrânia, já que gastaram muito ao apoiar o regime de Kiev com armas e fundos e agora contam com algum tipo de compensação por perdas, declarou na reunião do Conselho de Segurança da ONU a ex-oficial da Força Aérea dos Estados Unidos e ex-analista sênior do Departamento de Defesa dos EUA Karen Kwiatkowski.

“Os investimentos ocidentais reduziram as reservas dos EUA e da OTAN, e também diminuíram a capacidade de Kiev de conduzir negociações diretas com a Rússia. Os líderes ocidentais veem quanto gastaram e insistem em algum tipo de compensação. Eles não querem perder seu investimento, por assim dizer”, disse Kwiatkowski.
Militares da unidade voluntária Bars-13 passam por exercício de treinamento para a coesão de grupos de ataque em um campo de treinamento na República Popular de Donetsk, foto publicada em 5 de fevereiro de 2024 - Sputnik Brasil, 1920, 12.04.2024

Operação militar especial russa

Tropas russas alcançam ponto de virada na direção de Donetsk, afirma conselheiro

Os EUA e seus aliados europeus da OTAN têm enviado bilhões de dólares em armas e equipamentos militares para a Ucrânia após a escalada do conflito ucraniano em fevereiro de 2022.

Por sua vez, Moscou afirmou repetidamente que a assistência militar ocidental não augura nada de bom para a Ucrânia e apenas prolonga o conflito, e que qualquer carregamento de armas se torna um alvo legítimo para o Exército russo.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS