13.5 C
Brasília
domingo, 26 maio, 2024

EUA escolheram o caminho de escalada militar do conflito na Ucrânia enviando armas a Kiev

 Foto: Sean Gallup/Getty
Sputnik – Neste momento é impossível sequer falar do contributo positivo que os EUA poderiam dar para as negociações entre a Rússia e a Ucrânia, Washington claramente tomou o rumo de escalada militar do conflito, disse à Sputnik um alto funcionário diplomático em Moscou.
“Dada a posição que está a ser articulada e reproduzida diariamente por representantes oficiais dos EUA, penso que não há espaço para qualquer contributo construtivo”, disse respondendo à pergunta sobre a possibilidade de Washington se envolver nas conversações russo-ucranianas.

“Os EUA tomaram claramente um curso de escalada militar, bombeando armas para o regime de Kiev. Fazer declarações belicistas em geral, frequentemente irresponsáveis, não é de todo um ambiente político em que se possa falar sobre isso”, acrescentou o interlocutor da agência.

Nesta terça-feira (19), o ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, disse que Washington e os países ocidentais sob o seu controle estão fazendo tudo para prolongar a operação especial das Forças Armadas russas.
“Os volumes cada vez maiores de entregas de armas estrangeiras demonstram claramente as suas intenções de incitar o regime de Kiev a lutar ‘até o último ucraniano'”, disse o ministro.
Soldados dos EUA disparam sistema portátil de mísseis antitanque Javelin - Sputnik Brasil, 1920, 19.04.2022

Panorama internacional

EUA estão esgotando seu estoque de mísseis Javelin para enviar à Ucrânia, estima pesquisador

Em 24 de fevereiro de 2022, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou o início de uma operação militar especial para “desmilitarização e desnazificação” da Ucrânia.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS