22.5 C
Brasília
terça-feira, 21 maio, 2024

EUA dão ‘sinal verde’ para armar Taiwan com mísseis em meio a tensão com China, diz mídia

© AP Photo / Wally Santana

Sputnik – O governo norte-americano liberou a possível venda do míssil ar-ar Raytheon AIM-9X Block II Sidewinder a Taiwan.
De acordo com o portal Flight Global, no dia 2 de setembro, a Agência de Cooperação em Segurança e Defesa (DSCA, na sigla em inglês) dos EUA informou que o país liberou a venda de 100 destes mísseis por um valor de US$ 85,6 milhões (R$ 442 milhões).
O acordo, além dos projéteis, inclui equipamento de treinamento, apoio e logística. Com isso, os dois países esperam reforçar a defesa da ilha em meio a tensões com a China.
Militar do Exército de Taiwan durante exercício - Sputnik Brasil, 1920, 05.09.2022

Taiwan implanta armas antidrone em ilhas próximas à China (FOTO)
O AIM-9X pode ser usado em missões de ataque ar-ar e de superfície, além de ter capacidade de atingir alvos além do alcance visual.
De acordo com a Raytheon, os mísseis poderão equipar o principal caça de Taiwan, o F-16.
A DSCA ainda liberou uma possível venda de US$ 355 milhões (R$ 1,8 bilhão) envolvendo 60 mísseis antinavio Boeing AGM-84L Harpoon, bem como um possível acordo de US$ 665 milhões (R$ 3,5 bilhões) em apoio ao Programa de Radar de Vigilância de Taiwan.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS