20.5 C
Brasília
segunda-feira, 26 fevereiro, 2024

Equador identifica a presença da variante Pirola do SARS-CoV-2

Quito, 18 dez (Prensa Latina) O Ministério da Saúde Pública do Equador confirmou que a variante do vírus SARS-CoV-2 BA.2.86, conhecida como Pirola, está circulando hoje no país.

O primeiro caso detectado dessa cepa da Covid-19 é de um paciente que vive em Quito, na província de Pichincha, que foi submetido ao sequenciamento genético do vírus com o apoio do Instituto Nacional de Pesquisa em Saúde Pública (Inspi).

Embora a variante seja considerada de preocupação global pela Organização Mundial da Saúde (OMS), as autoridades de saúde garantem que ela não apresenta um risco maior de transmissibilidade ou agravamento da doença na população.

O Equador se torna o quarto país da região a registrar a presença da Pirola, depois do Brasil, Peru e Chile.

Uma equipe de vigilância está acompanhando e monitorando o paciente, cuja condição é estável e que está sendo tratado em casa em regime ambulatorial.

O Ministério da Saúde pediu à população que tome medidas preventivas, como se vacinar contra a Covid-19 e a gripe, usar máscara se tiver sintomas respiratórios, evitar aglomerações, lavar as mãos, entre outras.

Os casos de Covid-19 aumentaram nas últimas duas semanas em várias províncias do Equador, como resultado do período de inverno e das festas de Natal.

Em maio deste ano, o Comitê de Operações de Emergência (COE) do Equador declarou o fim da pandemia no país andino, onde a doença tirou a vida de mais de 67.000 pessoas.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS