13.5 C
Brasília
sábado, 15 junho, 2024

Dívida nacional dos EUA atinge alta histórica

Menos de duas semanas depois que Joe Biden sancionou a lei de responsabilidade fiscal, o teto da dívida nacional dos EUA atinge um recorde histórico.

HispanTV – Segundo dados do Departamento do Tesouro americano, divulgados na sexta-feira, a dívida nacional ultrapassou os 32 trilhões de dólares pela primeira vez na história do país norte-americano. Este evento ocorre apenas algumas semanas depois que o Congresso chegou a um acordo para não entrar em falência.

“ Tivemos sorte em evitar um calote no teto da dívida, mas o problema mais amplo é que continuamos a ignorar a própria dívida crescente. À medida que ultrapassamos US$ 32 trilhões sem fim à vista, é hora de abordar os impulsionadores fundamentais de nossa dívida, que são o crescimento obrigatório dos gastos e a falta de receita suficiente para financiá-los”, disse Michael A. Peterson, diretor executivo da Fundação Peter G. Peterson, uma organização sem fins lucrativos focada em questões tributárias.

Da mesma forma, esta fundação previu que,  nos próximos 30 anos, a dívida dos EUA chegaria a “127 biliões de dólares” e acrescentou que, em 2053, o Governo seria obrigado a gastar 40% de toda a receita federal a pagar juros.

A dívida pública dos Estados Unidos subirá para 118% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2023.

O presidente dos EUA, Joe Biden, assinou um acordo para não suspender os pagamentos em 3 de junho. No entanto, tal acordo apresenta desafios para o governo, e o futuro crescimento da dívida limitará ainda mais o que o governo pode fazer para atender às necessidades de seu povo.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS