14.5 C
Brasília
terça-feira, 11 junho, 2024

Deputado hondurenho destacou projeto ferroviário interoceânico

Tegucigalpa, (Prensa Latina) O presidente do Congresso Nacional de Honduras, Luis Redondo, destacou o projeto ferroviário interoceânico promovido nesta sexta (24) pelo governo do presidente Xiomara Castro e garantiu que mudará o futuro do país.

Depois de ter recebido na véspera a visita da Comissão Ferroviária Nacional Interoceânica, Redondo afirmou que esta iniciativa, cuja extensão total será superior a 630 quilómetros, vai mudar o futuro dos “nossos filhos e das nossas famílias”.

Durante a apresentação da proposta classificada como de interesse nacional, o secretário particular do presidente de Honduras e coordenador da referida Comissão, Héctor Zelaya, destacou a importância de iniciar os trabalhos em Puerto Cortés, Castilla e San Lorenzo para otimizar as condições nessas áreas . chaves.

De acordo com informações divulgadas nas redes sociais do Legislativo hondurenho, a construção deste megaprojeto busca redefinir o desenvolvimento econômico e social do país através de seus portos, agilizar o transporte de mercadorias e promover o aumento do fluxo comercial em a região.

Segundo o texto, a mesa técnica contará com a colaboração de diversos reguladores nacionais, consultores internacionais e especialistas em engenharia, que avaliarão aqui a infra-estrutura logística necessária à construção daquela ferrovia.

Segundo Zelaya, é a opção mais atrativa para o comércio mundial e representa o maior projeto de infraestrutura da história desta nação centro-americana.

O custo estimado é de 15 mil milhões de dólares, com prazo de execução de aproximadamente 10 anos. Além disso, a iniciativa prevê a passagem de cargueiros com capacidade superior a 300 mil toneladas, bem como o transporte de 10 mil contentores em 24 horas.

Entre as nações interessadas até agora em desenvolver esta megaobra estão Estados Unidos, China, Itália, Espanha, Japão, Coreia do Sul e Catar.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS