16.5 C
Brasília
sábado, 15 junho, 2024

Cubana de Aviación une novamente a Argentina e a ilha

Buenos Aires (Prensa Latina) Com a saída do voo CU361 do aeroporto internacional Ministro Pistarini, a companhia Cubana de Aviación retomou nesta quarta (03) suas operações entre a Argentina e o país caribenho.

Agentes de viagens e passageiros de ambas as nações embarcaram na aeronave A340, com capacidade para 275 assentos, no aeródromo localizado em Ezeiza, na província de Buenos Aires, e partiram por volta das 11h, horário local, com rota direta para Cayo Coco, em Ciego de Ávila.

O destino final da viagem é Havana e será coberto semanalmente.

Em declarações à Prensa Latina, a gerente geral dessa companhia na Argentina, Venus Rodríguez, precisou que no âmbito das comemorações pelo reinício das operações, foi premiado hoje o passageiro número três, pelo dia de hoje; 37, pelo número de anos da Cubana nesta nação; e 50, pelas cinco décadas de relações diplomáticas entre os dois Estados.

“Estamos muito contentes. O voo inaugural chegou com 20 minutos de antecedência em Ezeiza. Os passageiros têm grandes expectativas e estão muito felizes. Aqui no aeroporto tudo fluiu muito bem. A Cubana está de volta! Voamos contigo e por ti!”, afirmou.

Por seu lado, Mariano Rateni, do departamento comercial da Julia Tour, explicou a esta agência que viaja integrado num grupo de operadores e agentes turísticos que vão percorrer os principais destinos da ilha.

Não temos dúvidas de que a operação se sustentará ao longo do tempo. Nesta ocasião, representantes de toda a Argentina visitarão los cayos, Varadeiro e Havana. “Poderemos oferecer um pacote que inclua os serviços da companhia aérea”, disse.

Entre outros aspectos, os argentinos são atraídos pela cultura cubana, pelos hotéis, pelas praias sem sargaço e pelas atrações da capital da ilha, acrescentou.

Por outro lado, a especialista em operações aéreas da Havanatur, Diana Baggio, destacou a importância de ter um voo direto para Cayo Coco.

“Estávamos esperando por isso. Era o que precisávamos para poder vender tudo o que Cuba é e os pacotes que já tínhamos prontos. Temos grandes expectativas. Os agentes estão muito entusiasmados e queremos que tudo corra bem”, disse.

Por sua vez, Edgardo Meccia assegurou que estão “muito entusiasmados e com muita vontade de conhecer as praias e as pessoas, acima de tudo”.

“Estamos felizes em fazer parte dessa jornada. O calor humano de Cuba é único. Voltaremos felizes depois de ter curtido muito”, garantiu.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS