16.5 C
Brasília
sábado, 15 junho, 2024

Cuba reafirma disposição de cumprir compromissos com o Clube de Paris

Havana (Prensa Latina) Cuba reafirmou nesta quarta (30) nesta capital a sua disposição de honrar os compromissos assumidos com os países credores do Clube de Paris, apesar da complexa situação económica e financeira que atravessa, agravada pelo bloqueio dos Estados Unidos.

Em reunião com William Roos e Fabien Bertho, copresidente e secretário da referida instituição, respectivamente, o ministro do Comércio Exterior e Investimento Estrangeiro da ilha, Ricardo Cabrisas, expôs os obstáculos que o cerco dos EUA representa para o país caribenho.

Explicou-lhes também o efeito negativo da inclusão ilegítima de Cuba na lista de Estados patrocinadores do terrorismo.

Salientou também que o aumento da hostilidade por parte de Washington ocorre quando, no meio do aumento dos preços internacionais, Cuba necessita de divisas para o seu desenvolvimento económico e social e para cumprir as suas obrigações.

Explicou também aos representantes do Grupo Ad Hoc de países credores do Clube de Paris, a especial atenção dada a estas negociações, uma vez que em 2015 foi acordado o reordenamento da dívida de curto e médio prazo, cujo estatuto é revisto periodicamente, informou a Agência de Notícias Cubana.

Por su parte, Roos afirmó que existe comprensión hacia las dificultades que atraviesa la isla, por lo que recabó la mayor información posible y propuso establecer un nuevo calendario de acuerdo con la capacidad de pago de Cuba, y de esa manera trabajar de conjunto en hallar uma solução.

Ambas as partes discutiram as perspectivas de crescimento das actividades prioritárias previstas no Plano Nacional de Desenvolvimento Económico e Social até 2030.

A agenda de trabalho da delegação visitante inclui reuniões com representantes de diversas organizações nacionais e visitas ao Instituto Finlay de Vacinas e à Oficina Ferroviária Luyanó, ambos na capital cubana.

Cuba promove projetos de desenvolvimento económico e social, com financiamento da Agência Francesa de Desenvolvimento e do chamado Fundo Franco-Cubano Contravalor nos ramos biotecnológico e de transportes.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS