14.5 C
Brasília
terça-feira, 11 junho, 2024

Cuba exige estabilidade financeira para pequenos países em desenvolvimento

São João (Prensa Latina) Os desequilíbrios do sistema financeiro internacional não proporcionam a estabilidade necessária para alcançar os objetivos de desenvolvimento sustentável e atender às necessidades dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento (PEID), afirmou hoje o vice-presidente cubano, Salvador Valdés. .

urante o seu discurso na reunião de alto nível sobre mobilização de recursos para os PEID, sediada neste país, sublinhou que os desafios apresentados são exacerbados exponencialmente para Cuba, devido ao bloqueio económico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos há mais de seis décadas.

Também devido à inclusão arbitrária do país na lista unilateral de supostos patrocinadores estatais do terrorismo, acrescentou.

O ministro cubano indicou que, no contexto actual, a abordagem abrangente do défice financeiro exigirá, entre outras acções: recapitalizar os bancos multilaterais de desenvolvimento e melhorar as suas condições de empréstimo.

Além disso, é necessário cumprir, de uma vez por todas, o compromisso dos países do primeiro mundo com a Ajuda Oficial ao Desenvolvimento, através de alocações baseadas em vulnerabilidades, e não apenas no rendimento, observou.

Acrescentou que é importante definir o acesso dos PEID ao financiamento concessional e à cooperação técnica e rever de forma abrangente a política de sobretaxas do Fundo Monetário Internacional, incluindo a sua suspensão, redução permanente significativa ou eliminação.

A este respeito, mencionou outra acção: implementar um serviço específico de apoio à sustentabilidade da dívida destes países, envolvendo credores multilaterais, bilaterais oficiais e privados, sob os auspícios das Nações Unidas.

A única solução viável reside em repensar a ordem económica internacional injusta e desigual e as atuais bases que definem as relações Norte-Sul e a vida no planeta, destacou o vice-presidente cubano.

Durante o dia, o vice-presidente cubano também manteve uma reunião com o chanceler de São Cristóvão e Nevis, Douglas Denzil, durante a qual destacou o excelente estado das relações bilaterais, baseadas na amizade e na cooperação.

Valdés participa, liderando uma delegação da Ilha, na IV Conferência Internacional dos PEID, que reúne altos dignitários até a próxima quinta-feira, para discutir as prioridades e objetivos em termos de progresso e sustentabilidade para esta categoria específica de países, dos quais Cuba é parte de.

Ao mesmo tempo, o vice-presidente cubano realiza uma visita oficial, por ocasião do 30º aniversário das relações diplomáticas entre ambas as nações.

No âmbito do programa bilateral, realiza reuniões com autoridades do país, representantes da solidariedade, residentes cubanos e trabalhadores humanitários.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS